Skip navigation

*
nem preciso dizer que não tou dando conta. da vida. das coisas todas. de tudo.
*
preciso MUITO contar sobre o curso com o jum nakao. mas preciso de tempo também. porque foi uma das coisas mais legais que eu já fiz em toda a minha vida. de chorar de lindo.
*
ando num desânimo TÃO grande que, além da placa de sarcasmo, vou passar a andar com uma placa de tá tudo bem. tenho vontade de sair correndo toda vez que alguém me olha e pergunta se.
*
eu exerço uma atração quase fatal em mentirosos compulsivos. não há época da minha vida adulta em que eu não tenha sido obrigada a conviver com um deles.

e parando pra pensar. é bem capaz que exista alguma relação com o fato de eu mesma ter sido uma mentirosa compulsiva durante anos da minha vida. alguns corridos, outros espaçados. mas o fato é que, durante bastante tempo, inventar realidades paralelas era o meu passatempo preferido.

antes que eu perca os poucos amigos que me restam, preciso declarar que mentir é um troço que cansa. porque exige né, que você pense em detalhes, nunca esqueça do que falou, pra quem falou, por que falou. e nunca, em hipótese alguma, permita ser descoberta. e isso quase me levou à exaustão. porque eu não era daquele tipo que ACREDITA no que tá falando. eu não vivia em um mundo de fantasia. mas a reação das pessoas às minhas mentiras é que tornavam as coisas mais fáceis e a vida mais leve.

minha memória sempre foi muito picotada e eu nunca consigo encaixar nada cronologicamente, mas parece que foi ontem que, aos 17 anos, eu deitei na minha cama olhando pro teto e decidi que não dava mais. 6 meses depois eu fugi de casa, num táxi, com o meu colchão e uma mala de roupas.
*
*
*
não era bem disso que eu ia falar, mas agora já me perdi completamente.
*
vou ali me organizar e já volto.
*

Anúncios

8 Comments

  1. devido meu lobulo temporal ser meio danificado, mentir é uma coisa que não posso fazer com perfeição. de um dia pra outro esqueço as coisas, e um bom mentiroso tem que ter uma memoria muito boa para não passar vergonha. TÁ TUDO BEM MAY?

    • olhaplaquinhaqui. tá tudo UMA BOSTA, isso sim :) mas meus emoticons continuam sorrindo e é isso o que importa ;)

  2. “Jamais diga uma mentira que não possa provar.” (Millôr Fernandes)

    • a gente não devia ter que, né.

  3. continuo frequentando a mayumilândia, local, como disse, onde busco os fundamentos da minha formação moral rs
    Sabe que (não sei por que isso seria relevante pra vc, ou pra qualquer pessoa, mas) ando cansado até de ficar cansado com a vida?

    • nossa wesley, tipo isso. ontem devo ter escutado umas 20 vezes que eu parecia cansada. e dispersa. porque parece que não tá dando mais mesmo. vontade de sentar e observar e só (e olhe lá). esse negócio de viver cansa demais com propósito de menos.

      mas que bom que você continua por aí. de verdade.

  4. dá vontade de dormir pra ver se passa MAS NEM ISSO É POSSÍVEL. sei comé ;/

    abraço reconfortante pra você, may ({)

    ;***

    • ówn. abraço abraço :*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: