Skip navigation

Monthly Archives: dezembro 2009

*
comprei frutas mils, verduras, legumes e água de côco pra desintoxicar depois ter chutado o balde no natal.

e era exatamente isso que teria acontecido SE ontem eu não tivesse ido trabalhar no fabricante do meu CHOCOLATE preferido.

morri de diabete.
*
ADORO expressões como chutar o balde, enfiar o pé na jaca, dar com os burros n’água, colocar o carro na frente dos bois, COQUELUCHE, etc. sério.

*
hoje eu conheci um blog fofo fofo, com um layout lindinho e clarinho e rosinha e azulzinho e tou DOIDA pra mudar o troço todo aqui. pra COMBINAR com a minha fofurice.
*
eu me constranjo quando sou convidada pralguma coisa e acabo não indo porque tenho CERTEZA de que a pessoa se arrependeu segundos depois de ter feito o convite.

porque, neh, desse jeito que eu faço também.

me aproveito de mini-momentos de empolgação e convido e agito e fico felizinha, mas são poucas coisas na vida que me dão mais prazer de fazer com outra pessoa do que sozinha. e aí rola isso. de me empolgar e me arrepender depois. minutos depois, ou horas depois, ou aos quarenta e seis do segundo tempo. sempre quando é tarde demais*.

*o que de alguma forma colabora com a MANUTENÇÃO (capenga) das minhas amizades, vê que coisa. já que eu tenho essa habilidade incrível de ENJOAR das pessoas e sumir para todo o sempre até que elas me odeiem por isso.

(ando descabeladamente arrependida por ter convidado uma pessoa pra fazer uma coisa e ter agitado até o talo e só ter me dado conta de que a coisa toda seria MUITO MUITO MUITO mais prazerosa se eu tivesse ficado calada. então tou tentando. me esforçando mesmo. pra não fazer cara de cu)

*

*

*
assisti avatar 3D só pra confirmar o que eu já sabia: não gosto de duendes, fadas e espíritos da floresta.
*
mas o lance 3D é legal (durante a primeira hora, principalmente), ainda que nos idos dos anos 80 eu já usufruísse dessa tecnologia nos filminhos do parque da Monica :)
*
eu era MALUCA pelo parque da monica. de ir ao teatrinho e chorar de emoção.
*
ah, do avatar? michelle rodriguez! Hooooooooooot. (quase sinto vontade de assistir lost)

*

*
levanta a mão quem conseguiu travar o PSP alheio \o/
*
o chato de trabalhar nesse meu esquema é que de vez em quando eu tenho absolutamente NADA pra fazer nos clientes que atendo.

as vezes porque eu sou rápida pracarái (isso é verdade, eu sou rápida. então as pessoas me incluem num cronograma contemplando 05 dias para a execução das minhas atividades. eu executo em dois e fico bem quietinha, fazendo nada ou adiantando outras coisas. se o resto do mundo é lerdo acho mais que justo me aproveitar disso), as vezes porque eu vou ao cliente mas ninguém pode me dar muita atenção (marcar visitas durante fechamento é tipo um ERRO inevitável, já que não dá pra parar de fazê-las durante esse período) e as vezes porque, como agora, não tem ninguém REALMENTE afim de trabalhar.

aí eu chego, dou meu tchau de miss e fico esperando as horas passarem. simplesmente porque eu sou paga por hora e uma das minhas atribuições é essa. ver e ser vista e fazer xixi por onde eu passo pra demarcar território.
*
é mentira esse lance aí hein, de que eu aproveito o tempo livre pra ADIANTAR as coisas. procrastinadora eu sou e AINDA ASSIM muito mais rápida que grande parte da humanidade.
*
acho que é exatamente por isso que eu procrastino. a lebre e a tartaruga, sabe como? com a diferença de que eu SOU a lebre e GANHO a corrida no final.
*
fora que. pra me concentrar em alguma coisa que não me agrada (tipo trabalho EM GERAL), só mesmo com um prazo beeeeeem apertado batendo na bunda.
*
réveillon tá com jeito de que vai miar. passar o dia 31 em são Paulo, assistindo o SHOW DA VIRADA vai ser deprimente, ohlord.
*
*
*
lições aprendidas com a novela viver a vida:
1) sua vida numa cadeira de rodas pode ser linda e maravilhosa. desde que. você tenha cinco babás, cozinheira e mordomo, seus pais e amigos não trabalhem e se dediquem integralmente a você, você seja atendido pelos mais fodásticos e caros médicos do planeta, trazendo inclusive alguns deles de outros países quando quiser uma segunda opinião médica (porque né, aquele doutor veio pro brazzzil fazer oq? dizer que – oh, pessoal aqui é bom e eles sabem das coisas e você pode confiar. podia ter sido por telefone, ou não? podia ter me poupado uns cinco capítulos de enrolação ou não?)
2) aline Moraes é UMA COISA de tão linda.
3) ator de teatro é um cu fazendo televisão.
4) e por isso mesmo aquela família da helena podia morrer AGORA que não ia fazer falta alguma.
5) se você achava o marcio garcia O ERRO como pseudo-protagonista, tai o thiago lacerda pra mostrar que TUDO pode piorar.
6) a favorita foi a melhor novela EVER.
*

*

*

*

a verdade é que o que me incomoda é a COMOÇÃO do natal. a árvore cafona do ibirapuera que causa congestionamento porque as pessoas não têm vida social e saem de casa prapreciar aquela bela bosta, os congestionamentos, os votos de feliz natal (what?), os abraços, a decoração em geral, os ESPECIAIS DE NATAL da rede globo, etc, etc, etc.

por outro lado. se tem uma coisa que eu GOSTO nessa vida, é de trocar presentes. por mim, a gente teria uma data dessas por semestre, ou trimestre, ou mês, whatever. sem preços inflacionados, sem correria, sem ter que gastar os tubos pragradar gente nadaver no amigo secreto do trabalho, mas que te obrigasse a sair de casa pra procurar alguma coisa que você gostaria de ganhar pra dar pra outra pessoa (que é minha definição de presente ideal. eu gosto? então eu dou.). ou nem sair de casa, na verdade, já que dois dos presentes mais legais desse ano foram feitos à mão com cartolina e cola.

então, eu reclamo, reclamo HORRORES dessa época. mas aquela meia hora de troca de presentes e gritaria e papéis rasgados me divertem HORRORES.

*

e outra né. eu sou MUITO BOA na arte de presentear, modéstia à parte. (desde que eu não sinta OBRIGAÇÃO de.)

*

tô vesga de TANTO jogar rock band no psp. agora, me diz. tem como SUPERAR um presente como esse?

(fui eu que dei, hohoho!)

*

ah, e a comida. ah, a comida. eu não lembro de ter comido TANTO em TODA a minha vida. não tivemos rabanada, mas tivemos alcachofra e frutas em calda e farofa e, nhamnham, eu sei lá mais o quê. só sei que enfiamos todos os dois pés na jaca. não dormi dezesseis horas seguidas à tôa.

*

reveillon é um troço que eu SÓ tolero por conta do feriado. aliás. cristianismo é um troço que eu SÓ tolero por conta dos feriados. amém.

*

*

dormi 16horas seguidas de ontem pra hoje. dezesseis. todo o sono acumulado nesses últimos meses se transformou em torcicolo.

*

*

tou precisando fazer novas amizades com uma certa urgência. eu sei lá em que ponto da minha vida passei a andar com gentes que gostam de rap e hip-hop e são heterossexuais convictos. alguns anos atrás eu riria na cara de quem previsse o futuro.

e nem tou reclamando hein, das minhas amizades atuais, afinal é o que tem pra hoje (brincadeiramm). mas que eu sinto UMA SAUDADE de ir nos inferninhos com gente que requebra o esqueleto a noite inteira, sua horrores e volta pra casa cansado e feliz, isso eu tenho. as baladjênhas onde eu tenho ido me parecem mais lugares para ver e ser visto do que necessariamente se divertir.

e covenhamos. muito difícil saber o que fazer com os braços e as pernas quando começa a tocar toca hip-hop, rap e genéricos (pensa na elaine, do seinfeld, dançando. essa sou eu ao som de 50cent).

mas também, existe a possibilidade. de que eu tenha REALMENTE ficado velha pra essas coisas e esteja meio que me apegando ao passado. não sei bem.

de qualquer forma, se você for não-hetero e gostar de dançar até cair, estamos contratando.

*

mojito voltou a ocupar o posto de menina musa do verão.

*

se tem duas gírias do mundo moderno que fazem meu corpo estremecer de ÓDIO, elas são: MARA e GIGA*. jesusamadohein. fala pra mim que tem alguma coisa MARA que eu começo a me contorcer e nada-mais-me-lembro.

daí né. como se não bastasse o MARA, o GIGA e o SENSACI* nas nossas vidas, descubro que a SASHA (essa mesma, filha da xuxa) fala PERFO. ou seja. questão de dias para a juventude começar a elaborar frases como – miguxo, o xow tava MARA pra kramba com um palko GIGA e um galera SENSACI, foi PERFO.

alguém, por favor, desligue meus aparelhos quando isso acontecer, sim?

* eu tenho amigas que falam assim. e CONTINUAM minhas amigas, veja bem o grau da minha tolerância.

** sensaci é de mentira. pelo menos por enquanto nunca vi ninguém usar essa anomalia. mandioca que inventou e eu achei MARA.

¬¬

*

quando eu fizer dois posts no mesmo dia fico com crédito pra usar na data que julgar mais conveniente. estamos combinados.

*

não que isso vá acontecer hoje.

*

minha mãe resolveu adoecer e acabou com a única possibilidade de me fazer suportar uma noite de natal. esse ano não teremos rabanada.

*

*

bom dia pra quem acordou de ressaquinha (de cigarro e de juventude) e errou o caminho do trabalho.

*

bom dia pra quem chegou ao trabalho e teve que aguentar PREGAÇÃO as 08h da madrugada.

*

bom dia pra quem, pela primeira vez, ouviu alguém falar ao vivo e a cores sobre arrebatamento (WHAT?), temor a deus, encosto e deus e o diabo na terra do sol (licença poética) enquanto comia clube social recheado.

*

bom dia pra quem terminou a conversa dizendo – cara, eu não acredito nisso sóbria, não vai ser de ressaca que você vai me convencer de alguma coisa, pega uma água lá pra mim vai.

*

bom dia pra quem recebeu um copo d’água recheado de – melhor orar, porque A IRA de deus cairá sobre você.

ô dilíucia.

*

porque trabalho néam, enobrece o homem.

*

ah, mas tá de parabéns hein, pessoal do roteiro evangelizador. todo um script trabalhado na rima do capeta. pessoa perde até o fôlego de tanto que fala, de tanto que se emociona, de tanto que não faz noção do que tá dizendo.

do meu lado, botão de – ah, MORRA – segue apertado. o segredo é mentalizar.

*

*
ADORO abba e ODEIO musicais. meryl streep quase me mata de vergonha, tádoido.
*

*
minha dentista estava com BAFO hoje. vê que coisa. quase recomendei uma solução para os doze problemas bucais.
*
e a galerem das ruas animada hein. nunca vi TANTA gente tentando puxar papo comigo. coisa que, convenhamos, não é muito comum na minha vida. espanto free talkers com um olhar e tals. daí eu tava lá né, naquela BALBÚRDIA, comprando presente de natal e a pessoa não só fica me RONDANDO, como fica RESPIRANDO FUNDO do meu lado, fazendo cara de – não tou sendo bem atendido. e eu bem ué, fazendo a egípcia. até que. tatuagem é uma MERDA FODA às vezes. DESEMBESTOU a falar de tatuagem, de tribal, de arrependimentos. têm noção de que eu troquei TRÊS vezes de loja e o sujeito continuou atrás? euhein.
*
boy né. eu não sei pq, mas ultimamente eu só tenho atraído playboy idiota.
*
namoradinha ninguém me dá.
*
homem de anel, em geral, é um troço que me FODE as vistas.
*
não por ser homem e tals. mas porque galerem acha que anel másculo é anel FEIO. rodela aleatória de alúminio escrito BILLABONG. hahahaha. meodeos, memata.
*
aí tem esse cara lá (num dos) trampos, que eu nunca vi mais gordo e me aborda com um TE VI NA TEVÊÊÊ! assim, gritando, no meio do corredor, e só pra FODER de vez meu humor ainda me chama de EXÓTICA – eu vi uma pessoa exótica na tv e TIVE CERTEZA de que era você. ok. exótica. valeu, amigo. (e eu nem tinha bebido tanto assim)
*
comprei um presente de natal FODASSO pro respectivo (o meu, não o cara do trampo) hoje. só pro caso dele não conseguir comprar o meu e eu ter desculpa pra fazer drama durante todo o ano de 2010.

jogar na cara é uma daquelas habilidades que a gente trabalha a vida inteira pra poder usar num momento como esse, não é verdade?

*
eu voto no próximo candidato a prefeito que prometer enfiar a árvore do ibirapuera no rabo do papai noel.
*
e hoje tem baladjênha eschperrta mexe a cadeira menina mexe a cadeira. aniversário da irmã ARTISTA, que nem começou e já deu bafão. a noite PROMETE, meu amigo.
*

*

oioi.

*

o que diabos estou fazendo aqui, eu me pergunto.

*

e a coragem de encarar a HUMANIDADE amanhã pra fazer compras de natal, cadê?

*

*

ontem eu tinha uma bochecha na espinha. o-ontem.

as maravilhas que vick vaporub faz por você.

*

esse é (mais um) post absolutamente sem propósito. mas eu prometi, não foi? então.

*

saudades do tempo em que eu não sentia (tanto) sono.

*

quantos parênteses, não? (não?)

*

faremos AMIGOMM SECRETOMM NO NATALMM.

dá pra sentir, não dá? a minha ANIMAÇÃO?

olha. parenteses e interrogações são as grandes obsessões da semana.

quando eu começar a usar exclamações, é hora do remédio.

*